Entrevista com Um cartão

[vc_row][vc_column width=”1/1″][vc_column_text]Conheci o Um cartão pelo instagram. As ideias chamaram atenção e comecei a seguir.
Mais e mais frases boas foram aparecendo, uma série de mensagens pra pensar, re-pensar e sentir. E ai bateu curiosidade sobre quem seria o criador.
Pude então conhecer o Pedro. Super atencioso, ele conversou com a Indie e o resultado é essa entrevista bonita:

11951359_901115539935459_3435669892728444357_n

Como nasceu a ideia do Um cartão?
Costumo dizer que os cartões surgiram porque sempre achei muito difícil abreviar os sentimentos. Dentro do meu coração eu nunca terminei um texto. Sempre tive muita dificuldade em lidar com isso por nunca achar que eles estão realmente prontos. Resolvi então, transferir a responsabilidade interpretativa para as pessoas, para que elas interpretassem por mim e comigo. Ao escrever, não sou mais eu, sou um pedacinho do outro e ele é um pedacinho de mim. Essa troca, por menor que seja, me deixa realmente feliz.

12027536_904155459631467_870467842466139009_n

11140064_900835406630139_2393544328851710154_n

10387389_898852026828477_5916828688077952635_n
Quem está por trás do projeto? Quem escreve as mensagens?

Um cara simples que aprendeu com o tempo que tem coisa que só sai da gente por escrito.

11999011_906365402743806_7407619626080129732_n

11986511_898674046846275_4536093197512188929_n

12004072_903525936361086_875400124203607034_n

Como são feitos os cartões?
Os cartões são feitos de rotina, de dia a dia, de continuidade. Os cartões são feitos com um amor danado e com os óculos da alma. Hoje em dia falta aquele olhar de compreensão e de esperança. A gente se acostumou a ligar a televisão e ver tragédias e notícias ruins. A falta de um norte bonito deixou tudo cinza e fez com que a gente se esquecesse das pequenas coisas que fazem toda a diferença. Os cartões são pensados como uma forma de resgatar isso, essa energia boa de que as coisas acontecem por um motivo e que só dependem da nossa real vontade pra que se tornem coisas positivas e capazes de transformar um dia, uma hora, um sorriso, um abraço. Os cartões são feitos por e com amor. Sempre.

11988713_899504410096572_8425484115478431277_n

11951938_898231030223910_1046151978137370719_n

11990460_901053209941692_596694679306139682_n

Como você percebe a relação desse trabalho com o público?
Eu sou muito grato por tanta gente ter resolvido abraçar os cartões. Significa que eu não tô sozinho nessa onda de espalhar as coisas bonitas que estavam esquecidas. Tento devolver tudo o que recebo. Tento dar toda a atenção. Tento ser o mais disponível possível. Eu gosto e preciso das pessoas. São elas as grandes responsáveis por todas as histórias, por todas as inspirações, por tudo o que eu tento retratar. E mais do que isso: elas que mantém todo esse sonho vivo e esse ciclo de positividade alimentado.

12004753_902259409821072_6154953490785836597_n

Qual seu desejo com o Um cartão?
Desejo que a gente reaprenda a amar. Que a gente não se esqueça das coisas importantes e dos valores bonitos. Desejo mesmo que a gente entenda, de uma vez por todas, que mudar o mundo e transformar a vida só depende da gente. A gente não pode ignorar que o amor é tudo o que nos faz existir.

11225316_901222923258054_6110477909316584355_n

11987108_902188069828206_2322582018201753216_n

12011125_903944489652564_7697923431364234950_n

site do artista: umcartao.art.br 

Maricota_perfil

Maricota Pinheiro é designer e artista visual. Criadora e curadora da Indie Art Magazine.
maripinheiro.tumblr.com
facebook.com/maricotapinheirodesign
@maricota_pinheiro[/vc_column_text][/vc_column][/vc_row]

COMPARTILHAR

Mariana Pinheiro

O desenho e as artes visuais sempre foram minha maior fonte de inspiração e de expressão.
Designer e tattoo artist carioca.
Criadora e curadora da indie.