Entrevista com Henrique Santos

Depois de conhecer o trabalho do catarinense Henrique Santos, corri pra conversar com ele e descobrir um pouco mais sobre sua arte e forma de pensar.
Henrique tem 24 anos e atualmente foca seu trabalho em ilustração e pintura, mas também já atuou como designer gráfico e tatuador.
Super atencioso, ele contou pro Indie um pouco sobre sua arte e processo: “Desenho desde criança e sempre gostei de expandir meus conhecimentos e aprender novas técnicas pra melhorar cada vez mais meu trabalho.”

Como você começou a criar?
Isso sempre foi algo natural pra mim, não lembro um momento em que comecei a criar. Minha relação com desenho sempre foi muito intensa. Sempre foi minha forma de expressão preferida.

O que é arte pra você?
Pra mim arte é toda e qualquer forma de expressar um sentimento e/ou idéia, independente da forma que isso é feito. Se tocou alguém, se fez pensar, se conseguiu transmitir algum sentimento, é arte.

11230110_681031985360974_1467630059677182331_n

11898842_681750785289094_8984730289497970562_n

11836829_674008976063275_6352272713446930651_n

Como é seu processo criativo?
Primeiro eu tenho a idéia do desenho, crio mentalmente a composição da imagem e então parto pra busca de referências.
Deixo algumas imagens na minha frente, idealizo a paleta de cores (no caso das aquarelas) e vou fazendo uma espécie de “colagem” com as referências.
Vou criando meu desenho pegando um pouco de referência de cada imagem, deixando meu desenho do jeito que eu quero.

O que te inspira?
Eu me inspiro de mil formas diferentes. Com musica, filmes, leitura, fotografia, videogame, assistindo videos aleatórios, vendo trabalhos de outros artistas, prestando atenção nas coisas simples do dia a dia. Tudo pode me servir de inspiração, basta saber olhar.

11204955_674365339360972_2260472179982581903_n

10818287_656406064490233_2377044521390072498_o

Você percebe algum tema recorrente na sua arte? 
Sim, eu venho trabalhando muito com erotismo. É algo que sempre gostei muito, mas estou dando mais foco nisso agora.
Consigo passar muitas das minhas idéias com a arte erótica, e gosto de ver a reação das pessoas quando se deparam com meus trabalhos.
As reações costumam ser bem variadas, gosto disso.

11060165_670861849711321_8702761854668983397_n

11693854_668460789951427_4118298648379455063_n

11755294_670053083125531_806893525308665774_n

11831780_675474669250039_994895167346312911_n

Qual artista não pode faltar na sua lista de referência?
Minha lista de artistas que uso de referência é imensa, mas vou citar alguns dos principais.
Gosto muito de Frida Kahlo, Andy Warhol, Tom of Finland, Pierre et Gilles, Apollonia Saintclair, Conrad Roset, as fotografias do estudio exterface e por aí vai…

Qual o seu objetivo com arte?
Meu objetivo é por pra fora minhas idéias, botar a pulga atrás da orelha das pessoas e fazê-las pensarem. E também deixar o mundo mais bonito, mais colorido.

11222234_675083075955865_5124500368189770618_n

11933407_682462701884569_393705799791793740_n

11695838_664784733652366_1242984462845340445_n

acompanhe o artista: facebook.com/henriqueilustra

 

COMPARTILHAR

Mariana Pinheiro

O desenho e as artes visuais sempre foram minha maior fonte de inspiração e de expressão.
Designer e tattoo artist carioca.
Criadora e curadora da indie.